Como garantir a privacidade dos arquivos no OneDrive

Proteção na nuvem: mantenha os seus arquivos a salvo de hackers

OneDrive se beneficia do fato de pertencer à Microsoft, que hoje em dia ainda é uma das empresas desenvolvedoras de software mais importantes do planeta. Com milhões de usuários em todo o mundo do seu sistema operacional Windows, a Microsoft fideliza ao seu redor com uma série de programas e sistemas que se complementam formando um entorno integrado. Por este motivo, OneDrive já consolidou a sua base de usuários.

O software de armazenamento na nuvem vem com ferramentas de edição nativas: o pacote MS Office online. Também facilita enormemente o trabalho colaborativo e simplifica o compartilhamento de arquivos. Por exemplo, aqueles que utilizem Word ou Excel nos seus computadores talvez achem muito mais fácil editar arquivos online quando estão armazenados na nuvem do OneDrive, só pelo fato de vir com a marca Microsoft.

Então, se você se move neste entorno de confiança, talvez não pense em um fato básico. Mesmo sendo da Microsoft, todo serviço de armazenamento na nuvem supõe certos riscos. Se você tem arquivos que são realmente importantes e quer mantê-los em sigilo (dados fiscais, bancários, fotos pessoais, dados da sua empresa, etc) é recomendável tomar certas precauções e medidas de proteção anti-hackers. A principal é criptografar estes arquivos de forma local no seu dispositivo antes de subi-los na nuvem.

No tutorial abaixo você aprenderá a criptografar e sincronizar os arquivos com o OneDrive de forma automática utilizando o Steganos Safe.


Passo a passo: criptografia no OneDrive para leigos
  • Passo 1. Primeiramente, baixe o cofre virtual da Steganos em seu PC. Instale e abra o Steganos Safe para criar sua unidade segura no OneDrive.

  • Versão de teste

    Segurisoft Baixar
  • Passo 2. Faça clique em "Criar um novo Safe". O programa abrirá uma janela, na qual deve selecionar a opção "Cloud Safe" e escolher OneDrive.

  • Crie a sua unidade segura para a proteção de arquivos na nuvem
  • Passo 3. Defina o nome do seu cofre virtual e ajuste o tamanho da unidade segura às suas necessidades.

  • Ajuste o tamanho da unidade em função do tamanho dos arquivos que quer criptografar
  • Passo 4. A continuação, digite uma senha para configurar o acesso ao seu Cloud Safe. Você terá a opção de usar uma senha própria, gerar uma senha segura com o gerador de senhas integrado ou definir uma combinação de imagens como senha com o PicPass.

  • Digite uma senha para o acesso aos arquivos criptografados
  • Passo 5. Copie os arquivos na unidade segura que criou. Para sincronizar os arquivos com o seu servidor na nuvem, só precisa fechar a unidade segura.

  • Feche o cofre virtual para sincronizar automaticamente com OneDrive

Após realizar essa configuração, sempre que quiser criptografar novos arquivos você só precisará pegá-los na pasta de origem e arrastá-los para dentro do Cloud Safe.

Gostou do artigo? Ficou alguma dúvida ou gostaria de fazer uma sugestão? Deixe seu comentário abaixo.

Safe 18

Safe 18

  • Cria cofres virtuais de até 2TB
  • Compatível com Dropox, Google Drive e OneDrive
  • Criptografia AES- XEX de 384 bits

Versão de teste

segurisoft Baixar

/ Escrito por Rafa Dias sobre Safe 18

Seguir @rafadiasbcn

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.