Medidas para proteger arquivos no Google Drive

Como proteger informações confidenciais na nuvem

Na disputa pela lealdade aos serviços de armazenamento na nuvem, Google se esforça muito para conseguir a sua cota de clientes fiéis. Há muitos serviços bons na concorrência, como Dropbox ou OneDrive e cada um tem os seus pontos fortes e as suas limitações. Por isso, o serviço de armazenamento na nuvem do Google está adicionando cada vez mais funcionalidades por um preço muito baixo e, dependendo do uso que lhe dê, até grátis.

A maior vantagem do Google Drive é que o serviço está vinculado com a sua conta de e-mail do Gmail e não só funciona para armazenar arquivos, mas também oferece uma ampla gama de ferramentas que permite editá-los online e salvá-los automaticamente. Se você decidiu utilizar Google Drive e tem receios em relação à sua privacidade e sobre o quê pode passar com a informação contida nestes arquivos, aqui deixo o único e melhor conselho que jamais receberá sobre o assunto: criptografe os seus arquivos.

Sei que criptografia pode soar como algo muito complicado, mas juro que não é. Armazenamento na nuvem, por natureza própria, não é algo seguro. Nem um grande nome como Google pode protegê-lo neste caso. Não vale a pena arriscar. Bom, ok, agora que você sabe que deveria criptografar os seus arquivos vem a pergunta: como fazê-lo? É muito simples, com um programa seguro que criptografe locamente os arquivos, como o Steganos Safe.


Passo a passo: criptografar arquivos para Google Drive
  • Passo 1. Baixe e instale o cofre virtual da Steganos, o Steganos Safe. Abra o programa para criar a sua unidade segura no Google Drive.

  • Versão de teste

    Segurisoft Baixar
  • Passo 2. Selecione "Criar um novo Safe". Então, só precisará clicar em "Cloud Safe" e escolher o serviço de armazenamento na nuvem, neste caso o Google Drive.

  • Abra o Steganos Safe para criar um cofre virtual
  • Passo 3. Defina o nome do seu cofre virtual e ajuste o tamanho da unidade segura às suas necessidades.

  • Defina o nome do cofre virtual que usará para garantir a proteção na nuvem dos seus arquivos
  • Passo 4. Após isso, escreva qual será a senha que dará acesso aos arquivos armazenados no seu Cloud Safe. Você pode criar uma senha própria ou utilizar o gerador de senhas integrado do programa, que facilitará uma senha segura. Outra opção é utilizar o PicPass, com o qual poderá definir uma combinação de imagens como senha.

  • Escreva uma senha para a sua unidade segura na nuvem
  • Passo 5. Traga os arquivos para dentro da unidade segura que criou. Uma vez feche o cofre vistual, este será sincronizado de forma automática com o servidor na nuvem.

  • Arraste os arquivos para criptografia na nuvem

Seguindo estes passos, todos os arquivos que forem arrastados para dentro da unidade segura que você criou serão sempre criptografados localmente antes de sincronizá-los com o Google Drive. É a forma mais prática de criptografar os arquivos para a nuvem.

Gostou do artigo? Ficou alguma dúvida ou gostaria de fazer uma sugestão? Deixe seu comentário abaixo.

Safe 19

Safe 19

  • Cria cofres virtuais de até 2TB
  • Compatível com Dropox, Google Drive e OneDrive
  • Criptografia AES- XEX de 384 bits

Versão de teste

segurisoft Baixar

/ Escrito por Rafa Dias sobre Safe 19

Seguir @rafadiasbcn

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.