Como usar criptografia para restringir acesso em rede

Uma forma fácil de restringir acesso na rede com criptografia


problemas restringir acesso rede

Muitas empresas e usuários com mais de um computador em casa possuem problemas na hora de compartilhar arquivos em rede. A questão do acesso sempre causa dores de cabeça, e quanto maior a rede compartilhada, maior a vulnerabilidade dos dados.

Desde os pequenos até os grandes usuários, o acesso em rede de arquivos sensíveis pode expor qualquer um a uma brecha de segurança inimaginável, algo completamente diferente dos hackers tentando invadir de fora sua rede privada.


Restrição de acesso e seus problemas

Uma das coisas que vários usuários fazem na hora de compartilhar seus arquivos é tentar restringir acesso dentro da rede privada. Contudo, essa prática não dá sempre certo, especialmente pelo motivo de que uma vez dentro da rede, é difícil de filtrar todos que terão acesso a tais arquivos ou não.

Imagine que sua empresa compartilhe em um servidor seguro, dentro da rede, informações sensíveis com relação a clientes, seus métodos de pagamento, números de cartões de crédito e etc. Como seria possível evitar que o pessoal não autorizado tivesse acesso a esses conteúdos?

Uma prática comum é a restrição do acesso nativamente, classificando os usuários com um nível de segurança aos arquivos que eles podem acessar. Mas o que fazer quando isso não é o bastante? Como evitar a sangria dos dados de dentro do servidor privado?

A espionagem industrial é algo sério, e o mesmo cabe para as pessoas que estão dentro de sua rede doméstica. Então, por que não empregar melhores práticas de segurança? Alguma que realmente solucione a questão de uma vez por todas ao invés de ficar apenas restringindo acesso através do servidor?


Restringindo o acesso de forma absoluta

As permissões feitas desde o servidor não são completamente seguras, especialmente pelo fato de que um usuário com autorização pode estar tentando minar informações. Há algum tempo houve um caso bem conhecido, o da Really Winter, veterana das forças armadas americanas, que acabou vazando informações a que ela tinha acesso.

No caso dela o acesso era legítimo, mas ela não tinha autorização para divulgar as informações colhidas, tão pouco elas eram necessárias para seu trabalho diário. Então, de que forma podemos nos proteger até quando os que mais confiamos podem estar vazando dados que não devem?

Uma solução prática e disponível com apenas alguns cliques é a utilização de um software de criptografia como o Steganos Safe. Ao empregar o Steganos Safe e seus Safes na proteção dos arquivos, existe a certeza absoluta que apenas quem possui a senha poderá acessar os dados sensíveis.

Além disso, com o Steganos Safe é possível criar cofres virtuais compartilhados em rede, os quais apenas podem ser abertos e ter seu conteúdo visualizado pelos detentores da senha para tal Safe.

Para saber melhor como criar Safes na rede veja esse tutorial. Se você ainda não conhece o Steganos Safe, descubra como esse software pode mudar a forma como você encara a segurança digital clicando no botão abaixo e fazendo o download da versão de teste ilimitada do programa.

Versão de teste

Segurisoft Baixar

Artigos relacionados:

Como utilizar um safe em rede

Saiba o que no caso de infecção pelo ransomware Petya

Gostou do artigo? Ficou alguma dúvida ou gostaria de fazer uma sugestão? Deixe seu comentário abaixo.

Safe 19

Safe 19

  • Cria cofres virtuais de até 2TB
  • Compatível com Dropox, Google Drive e OneDrive
  • Criptografia AES- XEX de 384 bits

Versão de teste

segurisoft Baixar

/ Escrito por Thiago Monteiro sobre Safe 19

Seguir @6Monteiro

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.