Criptografia: o quê é e para quê você precisa

Criptografia: O que é, como funciona e para quê você precisa:

Existem vários tipos modernos de encriptação de dados, ou seja, vários algoritmos para se realizar o serviço. É muito importante entender o tipo de encriptação utilizada para cada aplicação e não ser iludido por somente por nomes interessantes. Também existem vários programas disponíveis que provem excelentes serviços de criptografia, seja para seus arquivos, diretórios, unidades de disco, unidades de rede, arquivos na nuvem, dispositivos USD, etc.

Proteção anti-hackers com Steganos Safe

Nós normalmente guardamos cópias de nossos documentos importantes para evitar que, caso um computador ou dispositivo pife, fiquemos sem os dados. O problema disso é que seus dados estão expostos nessas mídias, que se estiverem conectadas, poderão ser facilmente invadidas. O próprio sistema operacional executa backup dos seus dados, mesmo sem você ser informado, e sem utilização de uma criptografia descente.

O simples deletamento das informações não é suficiente para garantir a segurança. Com poucas ferramentas, é possível recuperar dados apagados em discos rígidos ou dispositivos USB. Por tanto, o mais indicado a fazer é criptografar tudo no princípio. Assim, se alguém tentar recuperar os dados apagados, os mesmos estarão criptografados.

Fraquezas na criptografia

Todas as técnicas de criptografia possui seus pontos fracos. Todas as vezes que estes pontos são expostos, atualizações são desenvolvidas para assegurar os usuários. O erro mais grave em algorítimos como estes é quando existe um padrão simples entre o arquivo cru e o criptografado. Tal padrão pode ser exposto por um hacker que assim conseguirá acessar os seus dados.

Além de padrões simples de criptografia, algo que não pode acontecer é a repetição frequente do mesmo dado. Suponha que em seus arquivos criptografados exista o seu endereço em vários. Se o software executar a mesma função para eles, o resultado será uma repetição de códigos em que onde hackers podem tomar proveito.

Defesas contra hackers e arquivos danificados.

Pessoas ou empresas que querem adicionar um nível extra de segurança em seus algoritmos de criptografia quase sempre inserem linhas extras de códigos para alterar a saída dos dados, uma pratica conhecida como “salting”. Uma tradução ao pé da letra seria “salgar”.

Por exemplo, uma das senhas mais comuns no mundo, utilizada, é simplesmente “password”. Hackers sabem disso e tentam acessar serviços de milhares de pessoas. Se. como diz certas pesquisas, 3% das senhas são esta, então de 1.000 tentativas eles obtém sucesso em 30. Mas se alguém adicionar caracteres extras para cada senha durante o processo de criptografia, como “password” mais “sage”, os hackers vão ter uma dificuldade muito maior de acessar os dados.

Criptografia também é algo muito útil para desenvolvedores de software. O arquivo binário utilizado em aplicações executadas pode passar ppr processos especiais de encriptação para se comparar com o original e verificar se houve alguma modificação maliciosa. Um exemplo é o Sistema Operacional do seu celular. Ele pode sofrer alguma modificação com um aplicativo malicioso, mas vira e meche, os fabricantes executam tal verificação e informam os usuários afetados.

Um processo semelhante é o de assimilar uma chave de 128 ou 256 bits para um grande pacote de dados. Qualquer diferença neste dados vai causar uma mudança na chave. Este processo é chamado de “checksum” e é amplamente utilizado para verificar se Downloads foram executados perfeitamente.

Preocupação de todos

Criptografia de dados é um assunto importante para todo mundo, não somente grandes corporações ou governos. O assunto pode assustar algumas pessoas sem experiência computacional, mas, felizmente, para a maioria dos usuários, manter seus dados seguros é uma tarefa fácil quando se tem na mão um bom software.

Este software pode ser o da Steganos: o Steganos Safe. Ele reúne o que há de melhor em tecnologias de criptografia e facilidade de uso.

Versão de teste

Segurisoft Baixar

Baixe o programa clicando no botão acima. Instale e execute a ferramenta no seu PC e poderá começar a criar unidades seguras tanto no disco local, como em HD externo, pen drives, CDs, etc. Não esqueça de inserir uma senha mestre bem forte para proteger seu cofre virtual. Se não conseguir pensar em nada, utilize o gerador de senhas integrado do Steganos Safe. Não esqueça de guardar esta senha, já que não conseguirá acessar seus arquivos criptografados sem ela.

Gostou do artigo? Ficou alguma dúvida ou gostaria de fazer uma sugestão? Deixe seu comentário abaixo.

Safe 19

Safe 19

  • Cria cofres virtuais de até 2TB
  • Compatível com Dropox, Google Drive e OneDrive
  • Criptografia AES- XEX de 384 bits

Versão de teste

segurisoft Baixar

/ Escrito por Rafa Dias sobre Safe 19

Seguir @rafadiasbcn

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.