O que e como beneficiar-se da criptografia

Aprenda a criptografar seus arquivos em cofres virtuais

Como criptografar arquivos com Steganos Safe

Apesar de que essencialmente seu significado seja o mesmo, o conceito "criptografia" está cada vez mais relacionado com a informática e os métodos de criptografia digital. Antigamente, a criptografia era uma técnica destinada a proteger os dados escritos utilizando códigos diferentes, de modo que tais informações só pudessem ser lidas por pessoas autorizadas. No campo da criptografia informática, não se fala de "códigos", mas sim de algoritmos matemáticos. Com o avanço das novas tecnologias, as sociedades modernas e a alfabetização, hoje existe mais informação do que nunca. É por isso que a criptografia permanece como uma prática fundamental em termos de segurança. A criptografia nos permite criar uma barreira protetora para dizer quem pode e quem não pode ter acesso aos nossos dados.

A criptografia pode ser usada em muitas áreas, tanto para proteger arquivos pessoais dentro do nosso sistema como para proteger a nossa privacidade na troca de informações com os protocolos de rede. Neste artigo, vamos nos concentrar no primeiro caso: a criptografia de arquivos e pastas no Windows. Basicamente, o processo envolve a colocação de informações dentro de cofres virtuais ou unidades seguras protegidas por senhas. Assim, apenas aqueles que sabem a senha podem abrir e ler tal informação.

Um dos programa que coloca criptografia a disposição do usuário de uma forma simples e segura é o Steganos Safe. O cofre virtual da Steganos permite criar novos Safes ("cofre" em inglês), possibilitando ao usuário escolher detalhes como a localização do arquivo protegido, o tamanho da pasta principal ou a propria senha. Steganos Safe também permite abrir arquivos criptografados com o programa anteriormente.


TUTORIAL: como criptografar arquivos com Steganos Safe.
  • Passo 1. Baixe e instale Steganos Safe, clicando no link abaixo.

  • Versão de teste

    Segurisoft Baixar
  • Passo 2. Após instalado, abra o programa e selecione a primeira opção, "Criar unidade segura nova...". Para este exemplo, vamos criptografar uma pasta de Windows. Para fazer isso, na nova janela, selecione "Safe".

  • Como criar um cofre virtual

  • Passo 3. A seguir, nomeie a unidade segura e escolha uma letra de unidade. O arquivo será salvo com a extensão .sle. Além disso, indique onde deseja salvar o arquivo criado.

  • Proteger arquivos com criptografia

  • Passo 4. Depois, ajuste a barra de deslocamento para decidir o tamanho da unidade segura.

  • Criar unidade segura no Windows

  • Passo 5. Finalmente, crie a senha com a qual o arquivo será criptografado. Esta senha é muito importante, e deve ser tão segura como fácil de lembrar.

  • Criptografar arquivos de Windows

Já criamos o nosso primeiro cofre virtual, mas a criptografia fornece ainda mais possibilidades. Por exemplo, Steganos Safe também permite criar caixas virtuais para ser enviadas para a nuvem.

Gostou do artigo? Ficou alguma dúvida ou gostaria de fazer uma sugestão? Deixe seu comentário abaixo.

Safe 18

Safe 18

  • Cria cofres virtuais de até 2TB
  • Compatível com Dropox, Google Drive e OneDrive
  • Criptografia AES- XEX de 384 bits

Versão de teste

segurisoft Baixar

/ Escrito por Rafa Dias sobre Safe 18

Seguir @rafadiasbcn

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.