Como lidar com a ameaça da botnet?

O que é uma botnet?

O que é uma botnet?

Uma botnet ocorre quando centenas, ou até milhares, de dispositivos infectados e controlados por hackers podem se mover como uma unidade computacional com surpreendente poder de processamento e tráfego, o que tem inúmeros usos dentro da ilegalidade para que os criminosos possam obter lucro.

Normalmente recheados de outros programas maliciosos como malwares e spywares, os computadores que fazem parte de uma botnet, tem muito mais do que seu tráfego e processamento explorados, também podendo ter os arquivos pessoais dos usuários comprometidos.

Não muito diferente de qualquer outro malware

Não confunda os termos: A Botnet é a rede composta de inúmeros computadores infectados. É comum dizer que um computador está corrompido com um botnet, mas na verdade o que ocorre é que este dispositivo em questão está sendo vítima de um malware, o qual faz com que ele se integre e seja parte da rede “zumbi” em questão, a botnet.

O malware que tem controle do computador para um criminoso virtual compor sua botnet pode ser conseguido da mesma maneira que outros. Entretanto, os computadores que acabam como parte da botnet têm relativamente mais problemas do que aqueles apenas infectados com malwares mais simples e spywares.

O hacker que gere a botnet, normalmente, acaba incluindo inúmeros malwares, spywares e, até mesmo, ransomware nos computadores escravizados. Apesar de que estes não sejam a única fonte de receita para o criminoso dono da rede.

Dentre as rendas conseguidas pelo hacker, as maiores estão na obtenção de cliques em anúncios, o que pode gerar milhões de dólares anuais dependendo do tamanho da rede; e a mineração de Bitcoin, prática que, apesar de gastar muita energia para a vítima, gera um ótimo dinheiro para o criminoso virtual.

Como não fazer parte da botnet?
Como se proteger da botnet?

Conforme mencionado antes, o programa malicioso responsável por escravizar o dispositivo nada mais é do que um malware. Assim sendo, todas as prevenções e proteções para evitar a propagação de um malware se aplicam àqueles que infectam os dispositivos para se tornarem uma botnet.

As medidas de segurança são as de sempre, ou seja, mantenha seu antivírus atualizado, evite softwares piratas ou crackeados e nunca se esqueça de manter backups regulares de seus arquivos mais importantes.

Outra coisa importante para se falar sobre os dispositivos involuntariamente inclusos na botnet, é que eles estão mais sujeitos ao comprometimento dos arquivos armazenados do que qualquer outro. Ou seja, nesse ponto é que se torna primária a importância de manter os documentos mais importantes criptografados com a utilização de um programa top de linha.

Para este serviço, recomendamos o uso do Steganos Privacy Suite. Esse software foi criado especialmente para atender a todas as suas necessidades quando se trata de segurança digital e privacidade na rede. Com ele você pode facilmente criar cofres virtuais invioláveis, além dele também obter opções que ajudam muito na hora de aumentar a privacidade.

Caso queria proteger seus arquivos mais importantes e dados pessoais, mesmo que você, inadvertidamente, esteja sendo parte ativa de uma botnet, clique no botão abaixo e faça o download da versão de teste do Steganos Privacy Suite. O programa é muito simples de usar e você não terá grandes problemas em conseguir uma proteção de alto nível com apenas alguns cliques.

Versão de teste

Segurisoft Baixar

Saiba também:

Gostou do artigo? Ficou alguma dúvida ou gostaria de fazer uma sugestão? Deixe seu comentário abaixo.

Privacy Suite 19

Privacy Suite 19

  • Protege a privacidade online
  • Criptografa e oculta arquivos
  • Gerencia e protege suas senhas

Versão de teste

segurisoft Baixar

/ Escrito por Rafa Dias sobre Privacy Suite 19

Seguir @rafadiasbcn

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.